Início / Guia Mundial Qatar 2022 – Análise dos Grupos, Equipas e Competição

Guia Mundial Qatar 2022 – Análise dos Grupos, Equipas e Competição

Guia-mundial-Qatar-2022-inbet

A mais importante prova internacional está quase a arrancar, e a InBet traz-te o Guia para o Mundial Qatar 2022, com uma análise dos grupos e das equipas, da competição, e no fim, ainda te vamos lançar um desafio!

Envolto em muita polémica, que foge um pouco à nossa especialidade, o Mundial Qatar 2022 começa no dia 20 de Novembro, com o Qatar x Equador, após uma paragem de 1 semana dos principais campeonatos europeus, o que pode ser bom para as seleções, já que a maioria dos jogadores teve competição até um passado bem recente.

Estavas à procura de um guia assim? Então aproveita, e fica a conhecer um pouco mais sobre cada equipa, os grupos, a competição, e dicas de apostas que organizámos para ti!

E não te esqueças, na InBet vamos ter estatísticas exclusivas para o Mundial Qatar 2022 para que possas fazer análises mais informadas das partidas, basta acederes à Área de membros.

Se ainda não és membro da InBet, podes fazer o teu registo aqui.

Grupo A

Qatar | Equador | Senegal | Países Baixos

O torneio de estreia para a nação anfitriã, o Qatar. O jogo de abertura contra o Equador será a primeira partida do Qatar num Mundial de Futebol. 

Sair da fase de grupos está provavelmente muito além das capacidades do atual Campeão em título da Taça Asiática, mas estão inseridos num grupo onde a possibilidade de chegar aos playoffs é real!

Esse feito evitaria que se tornassem os segundos anfitriões do torneio a ser eliminados na fase de grupos, o que aconteceu  apenas com a seleção Sul-Africana em 2010.

É esperado que os Países Baixos, de volta à competição depois de a falharem em 2018, acabem na liderança do grupo e tentem colocar um fim à sua maldição. Os Países baixos terminaram como vice-campeões mais vezes (três) do que qualquer outra nação no mundo.

Mas, caso isso não aconteça, a “laranja mecânica” deve ser capaz de assegurar pelo menos um segundo lugar na fase de grupos.

O Equador tem uma equipa muito interessante de se ver, definiram o novo recorde de golos na qualificação para a competição (27), apesar de terem a menor média de idades no seu onze inicial (25 anos e 334 dias), da América do Sul. 

Já o vencedor da Taça das Nações Africanas, o Senegal, é a única equipa a participar no Mundial como campeão africano, no século XXI – esperam seguir os passos da Nigéria, que conseguiu chegar aos Playoffs em 2014.

Nações-africanas-melhores-resultados

Grupo B

Inglaterra | Irão | Estados Unidos | País de Gales

O grupo B transmite uma sensação de familiaridade, e as três equipas ditas não favoritas planeiam supreender.

Para a Inglaterra, a luta pelo topo do grupo pode ser mais complicada do que o esperado pelos adeptos ingleses.

Gareth Southgate guiou os “Três Leões” até às meias finais em dois grandes torneios ao comando da equipa, um recorde que apenas Sir Alf Ramsey igualou. 

No entanto, as prestações recentes da equipa têm atraído críticas significativas. A despromoção na Liga das Nações fê-los parecer mais vulneráveis que nunca. 

O capitão de equipa, Harry Kane, quer bater recordes este Inverno, ao tornar-se o melhor marcador de duas edições do campeonato do mundo bem como bater o recorde de golos pela seleção, de Wayne Rooney, uma das lendas do futebol inglês.

(Mais informações no fim do Guia)

Os EUA são considerados a maior ameaça da Inglaterra neste grupo. Apesar da equipa de Gregg Berhalter ter tido um fraco desempenho na qualificação, terminando em terceiro lugar, têm um plantel jovem e cheio de potencial.

Para o País de Gales, o Mundial do Qatar 2022 é apenas o seu segundo Campeonato do Mundo, no entanto podem fazer mais uma corrida destemida, tal como aconteceu no Euro 2016, onde a Inglaterra também estava no seu grupo, e o País de Gales acabou por vencer, antes de chegar às meias-finais de forma memorável. A equipa de Rob Page qualificou-se para o torneio após vencer a Ucrânia por 1-0 nos playoffs europeus.

Justo ou não, poucas pessoas esperam que o Irão saia do grupo. Afinal, nunca chegaram às eliminatórias em cinco tentativas anteriores.

Grupo C

Argentina | Arábia Saudita | México | Polónia

Este pode não ser o grupo mais talentoso que a Argentina já teve, mas é sem dúvida o que conta com maior união entre os jogadores em anos, após o sucesso e conquista da Copa América em 2021.

O título pôs fim a uma seca de 28 anos de troféus em grandes competições, com Lionel Scaloni a conseguir encontrar o equilíbrio perfeito entre o colectivo e as capacidades de Lionel Messi.

O Qatar vai ser o último Campeonato do Mundo de Messi e, por consequência, a última oportunidade de marcar um golo nos playoffs, uma vez que todos os seus seis golos em torneios anteriores ocorreram na fase de grupos.

Messi não é o único atacante a preocupar as defesas neste grupo. Duas mãos não chegam para contar os golos de Robert Lewandowski durante a qualificação, incluindo um penálti na vitória por 2-0 sobre a Suécia na repescagem – os 32 golos da Polónia são apenas superados pela Inglaterra (39), Alemanha (36) e Holanda (33) na Europa.

A Polónia espera uma luta intensa contra o México pelo segundo lugar no Grupo C, tendo El Tri chegado ao mata mata nas suas oito anteriores participações em Campeonatos do Mundo, falhando este objetivo pela última vez em 1978.

Já a Arábia Saudita, tem aqui uma grande oportunidade de chocar a comunidade, embora tenham ganho apenas três dos seus últimos 16 jogos do Campeonato do Mundo, as expectativas serão baixas.

Mundial-Qatar-2022

Grupo D

França | Austrália | Dinamarca | Tunísia

Enquanto alguns acreditam que a França pode ser a primeira equipa a revalidar o título de Campeã do Mundo, desde o Brasil de 1962, outros têm uma perspectiva completamente diferente do seu objetivo antes do torneio.

Isto porque cada um dos três últimos – e quatro dos cinco anteriores – campeões a defender o título, foram eliminados na fase de grupos. 

É certo que a França esteve em mais finais do Campeonato do Mundo (três) do que qualquer outra equipa desde 1998, mas da última vez que entraram num Campeonato do Mundo como campeões, terminaram no fundo da tabela.

Mundial-Qatar-2022

A Dinamarca venceu a França por 2-0 nessa altura e chega ao Qatar com uma equipa perigosa e a ter debaixo de olho. Ganhou 9 em 10 jogos da qualificação, manteve a baliza inviolada mais vezes do que qualquer outra equipa europeia (oito) e chegou às meias-finais do Euro 2020 no ano passado.

A equipa de Kasper Hjulmand tem grandes hipóteses de chegar aos playoffs pela quinta vez em seis torneios, enquanto que a Tunísia nunca saiu da fase de grupos em seis tentativas anteriores.

De facto, a Tunísia tem a terceira maior percentagem de derrotas em Campeonatos do mundo (60%), perdendo apenas para a Arábia Saudita (69%) e a quarta equipa do Grupo D, a Austrália (63%).

(Mais informações no fim do Guia)

Grupo E

Espanha | Costa Rica | Alemanha | Japão

Em 2018 na Rússia, foi a primeira vez desde 1950 (quando não participaram) que a seleção Alemã não conseguiu ultrapassar a primeira ronda de um Mundial. Uma grande mancha num registo de resto excepcional neste século, tendo alcançado pelo menos as meias-finais em todos os outros Campeonatos do Mundo.

Die Mannschaft deu no entanto uma resposta clara na qualificação, tornando-se a primeira equipa a garantir o seu lugar no Mundial, depois do anfitrião Qatar, ganhando 9 de 10 jogos.

A Espanha promete manter-se sempre perto da seleção alemã. A campanha da La Roja em 2018 não foi muito melhor que a dos alemães, com Julen Lopetegui a ser despedido na véspera do torneio.

Mas em Luis Enrique têm um treinador que restabeleceu com sucesso a marca registada do futebol espanhol. Tiveram uma média de 76% de posse de bola e foram a equipa com menos remates contra (38) em toda a qualificação europeia.

O Japão será sem dúvida a equipa mais capaz de bater o pé aos dois pesos-pesados europeus, no entanto, seria um choque enorme a seleção nipónica chegar à fase final do Campeonato do Mundo duas vezes seguidas, tendo em conta os adversários que vão enfrentar.

Da mesma forma, a Costa Rica estará sob pouca pressão. Surpreenderam-nos em 2014, mas chegam a esta edição sem nenhuma vitória em 6 jogos do campeonato do Mundo. Os Los Ticos qualificaram-se ao bater a Nova Zelândia no play-off intercontinental de qualificação.

Grupo F

Bélgica | Canadá | Marrocos | Croácia

A “Geração de Ouro” da Bélgica fez um grande trabalho ao estabelecer a Bélgica como uma ameaça nos últimos Campeonatos do Mundo. São uma das três equipas que chegaram aos quartos-de-final nos últimos dois torneios.

Muitos dos seus melhores jogadores estão, sem dúvida, em declínio. As esperanças irão provavelmente recair sobre Kevin De Bruyne e Romelu Lukaku, cujos 11 golos em grandes torneios internacionais desde 2014 são apenas superados por Cristiano Ronaldo (13) entre os jogadores europeus, embora o avançado do Inter tenha tido dificuldades em manter uma boa forma nos últimos meses.

Mundial-Qatar-2022

Derrotada na última final do Mundial de 2018, a Croácia espera lutar pelo primeiro lugar, embora o seu historial no Campeonato do Mundo seja bastante errático. 

Nas suas cinco participações anteriores, ou não saíram do grupo (três vezes) ou chegaram às semifinais (duas vezes).

Igualmente imprevisíveis nesse sentido, é o Canadá. Participam no Campeonato do Mundo pela primeira vez desde 1986, é difícil prever como é que os “Canucks” se vão adaptar nesta situação.

No entanto, impressionaram ao vencerem o terceiro nível nas eliminatórias da CONCACAF, marcando mais (23) e concedendo menos golos (7) do que qualquer outra seleção.

Marrocos está a aparecer em dois Campeonatos do Mundo consecutivos apenas pela segunda vez na sua história. Se quiserem sair dos grupos pela primeira vez desde 1986, vão ter de parar de sofrer golos depois dos 90 minutos, como aconteceu há quatro anos.

Grupo G

Brasil | Sérvia | Suíça | Camarões

O Brasil, favorito nas casas de apostas, continua o seu bom registo de participações no Campeonato do Mundo, mas, pelos seus próprios padrões elevados, já se passou algum tempo desde a última vez que o ganharam (2002).

Se não forem bem sucedidos no Qatar, a seca vai estender-se a 24 anos, quando chegarmos a 2026, seria o mais longo período sem vencerem a competição desde a primeira vez que conquistaram o título em 1958.

Ainda assim, estão invictos à 15 jogos na fase de grupos do Campeonato do Mundo e estão em boa posição para chegar aos oitavos-de-final.

A Suíça está impaciente para se juntar a eles depois de alcançar o mata mata nas últimas quatro edições. A França e a Bélgica são as únicas equipas europeias que podem igualar esses números. 

Os suíços acabaram em primeiro lugar na qualificação, à frente da Itália, enviando a equipa de Roberto Mancini para o playoff, onde foram surpreendidos pela Macedónia do Norte, e falharam a qualificação.

Mundial-Qatar-2022

Em contraste, a Sérvia perdeu mais jogos do Campeonato do Mundo (sete de nove) do que qualquer outra nação europeia desde 2006 e não passou da fase de grupo nas três participações como país independente.

O recente registo dos Camarões não é muito melhor. Dirigem-se para o Qatar apenas a duas derrotas de igualar o México na maior sucessão de derrotas no Campeonato do mundo (9).

Os Leões Indomáveis esperam provar que muita coisa mudou desde a sua última participação em 2014, mas não vai ser nada fácil.

Grupo H

Portugal | Gana | Uruguai | Coreia do Sul

Levando em consideração todo o talento que Portugal produz frequentemente, o nosso registo de apenas 3 vitórias nos últimos 14 jogos em Campeoanatos do Mundo está muito longe de ser espetacular.  

Fernando Santos certamente espera que Cristiano Ronaldo se reencontre antes do começo do torneio. Tal como Messi, Ronaldo nunca marcou golos nas fases eliminatórias de um Campeonato do Mundo, pelo que esse é um feito que vai sem dúvida tentar alcançar, dado o favoritismo do selecionador nacional face a Ronaldo, mesmo numa época que não faz jus ao seu nome.

Da mesma forma, se Cristiano conseguir marcar, torna-se o primeiro jogador de sempre a faturar em 5 Campeonatos do Mundo.

Portugal não pode cair no erro de tentar ajudar em demasia Ronaldo a alcançar estes feitos pois está perante três outras seleções capazes de capitalizar, inclusive o Uruguai, eliminou Portugal na última edição do torneio em 2018.

O Uruguai ganhou seis dos seus últimos oito jogos do Campeonato do Mundo e avançou para além da fase de grupos em cinco das suas sete participações anteriores, enquanto o Gana já causou muitos problemas às equipas no torneio anteriormente. 

Estas duas equipas vão encontrar-se pela primeira vez desde a infame “mão de Deus” de Luis Suárez em 2010.

O registo da Coreia do Sul quando não co-anfitriã é muito pobre, ganhando apenas três dos vinte sete jogos do Mundial, mas não nos podemos esquecer da sua brilhante vitória por 2-0 que eliminou a Alemanha há quatro anos atrás.

E está fechado o nosso Guia do Mundial Qatar 2022. Uma análise completa aos grupos, onde tentamos passar o máximo de informação, para as tuas apostas desportivas.

Fica atento pois podem haver ainda mais surpresas.

SUPER TIPSTER LEAGUE

Como te dissemos no ínicio do Guia, temos um desafio para te lançar!

Esse desafio, é tornares-te no melhor Tipster/Apostador deste Mundial Qatar 2022, e se o conseguires fazer, temos prémios para ti.

Se ainda não sabes, a inbet.io tem uma competição de tips interna, a Tipster League, e para este Campeonato do Mundo Qatar 2022 vamos celebrar com uma edição especial!

Desta forma, os melhores Tipsters/Apostadores do Mundial vão ser recompensados com prémios extraordinários, para além dos prémios semanais regulares da Tipster League.

Vão estar em jogo durante o próximo mês, 700 euros em prémios!

Para participares, gratuitamente, só tens de aceder à Área de membros (podes fazer o registo gratuito aqui se ainda não fores membro), escolher um dos jogos do calendário de jogos, e adicionar as tuas tips.

Depois só tens de ficar atento à classificação semanal da Tipster League regular, e à classificação geral da edição especial Super Tipster League.

Para entenderes melhor como adicionar as tuas tips, na página da Tipster League, tens tutorias em vídeo.

Novamente, a participação na Super Tipster League é gratuita, e rege-se pelos termos e condições da Tipster League regular.

E está fechado o nosso Guia do Mundial Qatar 2022. Uma análise completa aos grupos, onde tentamos passar o máximo de informação, para as tuas apostas desportivas.

Esperemos que aceites também o nosso desafio da Super Tipster League e lucres muito!

Fica atento pois podem haver ainda mais surpresas.

Partilha o artigo!

Pronto para começares a ganhar dinheiro com apostas desportivas?

Começa a ganhar dinheiro com apostas desportivas online, a nossa equipa de apostadores vai-te ajudar a ter sucesso!

100% Gratuito e Seguro